No items found.

Tanto Mar

FICHA TÉCNICA

Nome do Projecto: Tanto Mar, Portugueses fora de Portugal

Estado: Exposição, construído

Apoio: DGArtes

Localização: Centro Cultural de Belém, Garagem Sul, Lisboa

Ano de conclusão: 2014

Créditos fotográficos: Fernando Guerra | FG + SG Fotografia de Arquitectura

A exposição permitiu iniciar o reconhecimento de práticas de arquitectura e de planeamento de carácter social, realizadas por portugueses fora de Portugal. O tema da emigração na base do projecto reforçou a pertinência do registo, no presente, da rede de partilha de conhecimento, metodologias e processos de trabalho que se iniciou. Ao sistematizar a informação encontrou-se um tronco comum de particular relevância em torno do que se entende denominar como arquitectura social: práticas profissionais de arquitectura e planeamento que assentam em processos participativos ou de auto-construção, intervenções em contextos de desastre ou a partir de projectos e programas que provocam um forte impacto social na melhoria dos contextos locais. Com base nestes processos de trabalho e no contexto de cada projecto, os trinta e três trabalhos expostos – até então praticamente desconhecidos no nosso país – apresentaram-se em cinco grupos – Emergência, Escassez, Urbano, Informal e Formal – num conjunto inter-geracional, multidisciplinar e de grande diversidade geográfica.

A exposição destas práticas e o cruzamento de diferentes processos e abordagens apresentou como objectivo recolocar a arquitectura, em Portugal, como uma actividade estruturante na transformação e melhoria das condições de vida da população.

Tanto Mar: Portugueses fora de Portugal foi o resultado de um conjunto de eventos, como open calls, conferências ou portal de dados online, que promoveram a discussão centrada sob o tema da arquitectura, design e urbanismo enquanto instrumentos de transformação social. Muitas questões surgiram no decorrer deste processo: Será que existe uma identidade comum? Se sim, como se caracteriza em condições tão díspares? Que impacto tiveram a integração europeia ou os programas de intercâmbio cultural na definição ou na propensão para este tipo de realidades? Qual a relevância do período de formação académica, o contexto social de proveniência, a língua portuguesa ou as condições actuais do país, na escolha por este tipo de práticas espaciais?

O site do Tanto Mar está online. Este registo permitirá que outros possam encontrar caminhos de investigação, mas também que se possa partilhar informação e práticas espaciais úteis para o presente, que encontrarão, certamente, terreno fértil na realidade portuguesa.