No items found.

Cozinha Comunitária das Terras da Costa

FICHA TÉCNICA

Nome do Projecto: Cozinha Comunitária das Terras da Costa

Projecto: ateliermob + warehouse

Estado: Equipamento comunitário, construído

Parceiros: Câmara Municipal de Almada, SMAS Almada

Localização: Terras da Costa, Almada

Ano de conclusão: 2014

Apoios: Fundação Calouste Gulbekian

Construção: Colectivo Warehouse

Créditos fotográficos: Fernando Guerra | FG + SG Fotografia de Arquitectura

Sem água, saneamento e entre construções precárias.

São estas as condições de vida de quase 500 pessoas – aproximadamente 100 crianças – que habitam um bairro de génese ilegal na Costa da Caparica. Designado Terras da Costa, este bairro é maioritariamente ocupado por duas comunidades: de origem africana e cigana.

Não existem dados oficiais relativos à génese deste bairro. Apenas se sabe que a construção de casas, nestes terrenos, terá começado a partir da existência de construções de apoio à actividade agrícola, havendo relatos de moradores que dizem ali habitar há 30 anos. Em registo fotográfico aéreo, de 2001, conseguimos já identificar um bairro consolidado, cujos limites foram aumentando no decorrer da última década.

Este é um território isolado e invisível.

O ateliermob começou a trabalhar com esta comunidade no âmbito do workshop “Noutra Costa”, promovido pelo Departamento de Arquitectura (DA/UAL) e pelo Centro de Estudos de Arquitectura, Cidade e Território (CEACT/UAL) da Universidade Autónoma de Lisboa. Desde então, tem vindo a reunir com alguns dos seus representantes, e membros do projecto Fronteiras Urbanas – um projecto académico essencialmente focado na alfabetização, à época em desenvolvimento no bairro –, tendo participado no processo de eleição da primeira comissão de bairro e promovido, junto da Câmara Municipal de Almada, as reuniões iniciais entre o município e os moradores.

Através de um processo participativo, a população decidiu que a construção de uma Cozinha Comunitária seria o passo prioritário na melhoria das suas condições de vida, constituindo-se como um espaço que poderia vir a ser partilhado por todos e gerido pelos moradores. Um lugar que poderia oferecer condições básicas para estar e cozinhar colectivamente, com alguns pontos de água e anti-incêndio.

Com a comunidade, a Comissão de Bairro das Terras da Costa, a associação entre o ateliermob e o Projecto Warehouse, parte das madeiras e membros da Casa do Vapor, com a Câmara Municipal de Almada e o fundamental apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, propusemo-nos a desenvolver o projecto e a construção de uma Cozinha Comunitária no bairro das Terras da Costa.